quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Máscara


"[...]Tira a máscara que cobre o seu rosto. se mostre e eu descubro se eu gosto do seu verdadeiro jeito de ser. [...]" Máscara - Pitty

eu quero saber o porque. e só se alguém souber me responder eu vou parar de questionar. porque as pessoas não se permitem serem elas mesmas sem construir mácaras de como gostariam de ser? será que elas não entendem que podem machucar alguém com essa atitude? e machucar não é apenas magoar, mas deixar uma marca da qual a pessoa vai se lembrar pro resto da vida. machucar nessa caso seria traumatizar uma pessoa que vai sempre duvidar de tudo e todos. sinceramente? pro inferno todos vocês, sua falsidade, hipocrisia e mediocridade. eu estava quieta no meu canto. e em nenhuma das vezes fui atrás de ninguém, mas em todas elas saí ferida. não quero mais saber de amar. não numa história na qual só eu ame e a outra pessoa interprete. o mundo está cheio de atores! mas eu só quero uma pessoa capaz de amar verdadeiramente. me enganei mais uma vez, mas prometo a mim mesma que jamais vou amar e me entregar novamente dessa maneira. e com essa atitude vou acabar virando mais uma atriz. graças a essa grande idiotisse que é a sociedade. obrigada.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

é a vida.

muito ruim quando acontecem coisas que nos deixam absolutamente perdidos. insuportável ver tudo que você achava estar bem simplesmente se difazer na sua frente e você não poder fazer nada pra mudar.
sem mais.
Bruna Fleming.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009


engraçado como só no fim do ano a gente percebe que deveria ter aproveitado todos os dias como se fossem unicos. é triste ver que mais um ano se passou e assim que acabarem as aulas nós podemos nunca mais ter o contato que tivemos com aquelas pessoas.. que talvez nunca mais possamos passar cinco horas do nosso dia ao lado delas, e ali rir de cada besteira contada por alguém do grupo, ouvir os problemas de familia uns dos outros, rir das palhaçadas que todo mundo acaba fazendo porque no fundo apesar de idiota é engraçado. só de pensar que cada uma daquelas pessoas é uma vida que vai continuar apesar de eu não fazer mais parte delas, aperta o coração. porque por mais que não fôssemos os amigos mais íntimos, hoje em dia temos maturidade pra perceber que não vale a pena se prender a briguinhas de quando estávamos no ensino fundamental I. claro que isso não se aplica a todos os casos, sempre há aquelas pessoas que a gente não vê a hora pra se ver livre, não vê a hora de acordar e não ter que ver a cara daquele ser todos os dias. mas apesar de tentar fazer do fim do ano o melhor não é por isso que temos que ser falsos e fingir que nunca houveram desentendimentos. não é porque o ano está acabando que você vai dar um chocolate a uma pessoa com a qual você passou o ano todo trocando xingamentos e vai apagar tudo o que uma disse pra outra. agora é a hora de se aproximar mais, de rir mais, de chorar mais, de ser mais feliz mas sem ser falso pra fazer tudo isso, afinal se for pra ser falso que valor vai ter todo o esforço de sorrir e abraçar uma pessoa com a qual você não vai com a cara? eu sei que na hora da despedida vai ser impossível conter as lágrimas, mas a sensação de dever cumprido concerteza estará em meio as minhas emoções. e eu vou agradecer a cada um por terem feito desse ano um dos melhores ♥

sábado, 21 de novembro de 2009

sem ele eu não seria nada.


http://tinyurl.com/yampf7s é quando acontece uma coisa dessas que a gente percebe o quando somos abençoados por Deus. é quando passamos por uma coisa muito grave que poderia ter tirado nossa vida que percebemos o quanto ela é importante e o quanto faria as pessoas sofrer se ela simplesmente se acabasse. as vezes precisamos mesmo do "choque de realidade" pra poder acordar e começar a dar valor nas coisas mais preciosas que nós temos: familia e amigos. e é ai que vs percebe que muitas vezes só pensa em Deus quando acha que sua vida acabou. e vs vê que está na hora de mudar isso. e começar a pensar e agradecer a Deus por sua vida todos os dias quando acorda e quando vai dormir. eu poderia ter morrido ontem mas é graças a Deus que estou viva agora. eu só tenho a agradecer a ele, afinal sem ele eu não seria nada.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

deixa que digam.

eu não me importo com o que dizem. porque eu sim te conheço verdadeiramente e sei a pessoa maravilhosa que você é. e se algum dia eu quiser a opinião de alguém sobre você eu peso. o que temos o que sentimos e o que vivemos vão além de um recado ou depoimento de orkut então simplesmente: deixa que digam, que pensem, que falem (..). eu sinceramente não pretendo deixar você sair da minha vida; isso nem se passa pela minha cabeça. porque como eu te disse não devemos fazer nada sozinhos. e se depender de mim você não fará mais nada sozinho. sabemos que não vai ser nada fácil continuar. pois se com pouco mais de um mês de namoro tantas coisas pra fazer com que terminemos aconteceram eu quero só ver a cara das pessoas que nos querem mal quando verem que conseguiremos chegar mais longe do que a cabeçinha medíocre delas é capaz de imaginar. hoje eu sei que eu preciso apenas de você para continuar. te amo além do que pensei ser capaz de amar.

nota: Incrivel como a gente se ilude não é? (:

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

meu alguém.


"Você me faz sentir de novo o que eu já não sentia mais. Você me faz tão bem, você me faz, você me faz tão bem [..]" Você me faz tão bem - Detonautas
Jamais pensei que fosse acontecer assim. depois de uma catástrofe e perder dois anos da minha vida, encontrar alguém. alguém que esteja disposto a me entender, me aturar, cuidar de mim e vir de longe apenas para me ver. e mesmo assim se contentar em não passar muito tempo comigo. alguém que se preocupe com minha reputação, minha saúde, meu bem estar. alguém mais velho, responsável, maduro o suficiente e inteligente a ponto de me entender e que tem a capacidade de me achar bonita. um alguém muito do lindo, carinhoso, atencioso, cheiroso (..). pois é, eu realmente não esperava, e não acho que mereço tudo isso. mas incrível como o sentimento vem aumentando a cada dia; e como a saudade que no inicio era só um pretexto para querer ver, agora existe de verdade e fica dando batidinhas no peito lembrando-me de que eu gosto muito, muito mesmo de estar ao lado dele. eu não quero pensar num fim pra isso tudo, por enquanto eu quero só sentir seu cheiro, estar ao seu lado e saber que você também quer o mesmo. e quero que saiba que apesar de não ser muito boa com as palavras e não falar muito, eu amo amava você Bruno <3

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

o tom de cinza que tem o céu nessa cidade.


coração dispara; o dessespero toma conta; falta o ar pra respirar. tenho tentado voltar pra vida normal como era antigamente, mas eu sei que é em vão. nada vai voltar ao 'normal'. as coisas mudaram, tudo mudou. ta dificil, mas eu tenho que continuar tentando. tenho estado chata, melancólica e o pior é que eu não estou recebendo apoio nenhum que signifique muita coisa. mas eu sei, não é má vontade das pessoas, elas estão tentando me consolar ao máximo. o problema é comigo, estou começando a gostar do frio, do silencio, do tom cinza que tem o céu nessa cidade, da solidão. eu sei muito bem o que está me faltando, mas infelizmente não posso sair sem rumo a procura disso. quero explicações, explicações essas que acho que nem existem. eu quero gritar pro mundo inteiro que eu apenas quero ser feliz. eu quero arrumar alguém que me leve daqui sem pudor algum e simplesmente me faça feliz. eu quero só um alguém. entre tantas coisas pra querer, eu quero uma só. simplesmente não sei onde foi que eu errei. mas não posso desistir. não ainda, não assim.. pelo menos não agora.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

meu Jacob <3


eu acho uma injustiça nós garotas não termos o direito de ter um amigo. um amigo que seja só nosso e sem preocupações com censura quando se trata de ciúmes. um amigo que nos entenda. um amigo que possamos realmente amar, amar de verdade. nada que se compare ao amor entre namorados. mas uma coisa tão forte, tão intensa e tão verdadeira quanto. um amigo com que possamos contar, um amigo que nos abraçe sem vergonha de dizer "eu sou só o amigo dela". um amigo que até talvez queira algo mais, mas que saiba respeitar sua vontade e seu namorado. um amigo que esteja lá quando vs simplesmente quer xingar todo mundo. um amigo que te deixe beber, e te leve pra casa sã e salva depois da balada. um amigo que só por estar do seu lado te esquente e faça com que suas feridas parem de doer. um amigo que talvez não diga, mas que no fundo vs sabe que te ama verdadeiramente; e qual é o problema em querer um amigo assim? afinal a Bella tem o dela. nós também temos direito de ter nosso Jacob Black

até quando?


"Olhe dentro; olhe dentro da sua mente pequena. depois olhe mais atentamente porque ficamos tão desanimados, tão enjoados e cansados de todo ódio que você guarda [..]" Fuck You - Lily Allen
até quando, nesse mundo, vão existir pessoas de mente fechada; que não aceitam a diversidade e liberdade das pessoas? até quando nesse país iremos ouvir uma professora dizer que é errado a pessoa se vestir como quiser? até quando teremos que aceitar que um garoto e uma garota se beijando em uma festa seja normal; e duas garotas ou garotos fazendo o mesmo seja um escândalo? até quando irão existir pessoas que tenham preconceito, e façam prejulgamentos homofóbicos contra a opção sexual, ou simplesmente a roupa e o jeito que a pessoa pentea o cabelo? e isso não tem nada a ver com religião. isso tem a ver com o respeito de ser humano pra ser humano. porque não é porque uma pessoa usa calças coloridas e apertadas, tênis coloridos, tem cabelos grande e diferentes do padrão que ela deixou de ser ser humano e merecedora do respeito dos mesmos. não é porque a pessoa não é igual a todas as outras que você conheça que você tem o direito de falar que ela só se veste dessa forma pra aparecer. as pessoas tem o livre arbítrio pra se vestir, cortar o cabelo, dançar e beijar, como e quem quiserem. então porque não vamos cada um cuidar de nossas vidas e deixar as outras serem como quiserem? porque eu tenho certeza que se te criticassem pelo jeito que vs se veste, pelo seu cabelo, e por quem você anda beijando, sem ao menos terem trocado um palavra com você isso não te agradaria nem um pouco. reflita:*

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

tendo dificuldades.


muito fácil errar. muito dificil perdoar e aceitar os erros dos outros. fácil se lamentar. dificil tentar mudar e fazer acreditar que não voltará a acontecer. fácil conquistar a confiança. dificil é quando não se tem mais ela. viver longe de vs e superar todas as barreiras tem me parecido fácil comparado a dificuldade que eu tenho em aceitar que tudo aquilo que sonhamos se perdeu por todos meus erros. “eu não me conformo em apena passar pela sua vida. eu quero estar nela, a cada momento, cada segundo. eu quero fazer parte dela pro resto da minha. eu quero ser a sua vida, ela toda.”

domingo, 30 de agosto de 2009

amigos


carinho; afeto; cumplicidade; intimidade; confiança; amor. sentimentos que não dependem de: da cor da pele; do jeito do cabelo; do perfume; do tempo que faz que vs a conhece; de onde mora; se vs já a viu pessoalmente; se é bonita ou feia; se canta bem ou mal; se fala certo ou errado; se escreve bem ou não; se sabe se expressar ou não; se fala coisas que te fazem rir ou chorar. sentimentos que nascem e vs não é capaz de explicar de onde. sentimento que fazem vs parecer louco por gostar da pessoa sem ao menos conhece-la direito. mas sentimentos que fazem vs se sentir bem apenas por estar perto/falar com certas pessoas. pessoas especiais que independente de tudo, e por pequenas ações vs considera AMIGOS ♥

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

pessoas normais bleh


dentro do meu jeans brega; debaixo do capus roxo da blusa de frio; com os fones no ouvido - escutando Paramore -; mochila nas costas e com a franja insistindo irritantemente em voar no meu rosto - me impedindo de ver para onde estou indo - pareço só mais uma adolecente de 15 anos "esclerozada", timida, com problemas de relacionamento, e tendo dificuldades em entender todas as "mudanças" pelas quais estou passando - sem contar os 'hormonios à flor da pele' -. mas na verdade ninguém que possa me ver a essa hora da manhã me conhece o suficiente para dizer alguma coisa a meu respeito. muitos devem até me achar uma 'criança' da sétima série, graças a minha baixa estatura. mas na verdade estou cursando o primeiro ano do ensino médio (grande coisa ¬), e ao contrário de alguns colegas de classe não me gabo por isso. eu considero só mais um ano; mas um ano em que eu continuo estudando e preferindo dormir ao invez de ir pra escola escutar os professores explicarem coisas das quais eu jamais precisarei novamente. por isso não entendo porque mesmo sem me conhecer, só pelo fato de me ver todas as manhãs se acham no direito de sair falando coisas a meu respeito como se eu fosse como elas. mas eu não sou e sinceramente odiaria ser. pessoas normais me dão dó.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Quinze anos (?


ainda não entendi. talvez não tenha me dado conta, do quão importante é ter quinze anos pra uma mulher. sinceramente até agora não percebi nada demais; e talvez nem perceba depois. dizem que depois de quinze anos as mulheres costumam mudar muito; mudar a personalidade; mudar o corpo; mudar o jeito de agir; mudar o jeito de vestir.. até agora não sinto que mudei. e nem sinto que vou mudar. mas já que esperei tanto tempo por tudo isso, acho que posso esperar mais um pouco para saber do que tanto falavam..

terça-feira, 11 de agosto de 2009

e mais uma vez as musicas dizem tudo..

Shakira - Estoy aqui
Ya sé que no vendrás, todo lo que fué; El tiempo lo dejó atrás; Sé que no regresarás, lo que nos pasó; No repetirá jamás. Mil años no me alcanzarán; Para borrarte y olvidar. Y ahora estoy aqui; Queriendo convertir los campos en ciudad; Mezclando el cielo con el mar; Sé que te dejé escapar, sé que te perdi; Y nada podrá ser igual. Mil años pueden alcanzar, mil años pueden alcanzar; Para que puedas perdonar. Estoy aquí, queriéndote; Ahogándome entre fotos y cuadernos; Entre cosas y recuerdos; Que no puedo comprender; Estoy enloqueciéndome; Cambiándome un pie por la cara mia; Esta noche por el dia; Que nada le puedo yo hacer. Las cartas que escribí, nunca las envie; No querrás saber de mi; No puedo entender lo tonta que fui; Es cuestión de tiempo y fé. Mil años con otros mil más, mil años con otros mil más; Son suficientes para amar [..] Si aún piensas algo en mi; Sabes que sigo esperándote [..] (
)

quinta-feira, 23 de julho de 2009

eu já não sei

o que fazer quando, por mais que um sentimento te faça mal, vs não consegue se livrar dele? como agir quando nosso coração se aperta e a nossa vontade de chorar se torna incontrolável, e apesar de saber que não vale a pena vs não consegue conter as lágrimas?

segunda-feira, 13 de julho de 2009

quem sou eu

um ser muito do sentimental; carente e por incrível que pareça tímido. tenho sérios problemas de relacionamento, mas acredito que existem pessoas que gostem realmente de mim. tenho problemas com humor mas nada grave. ultimamente tenho me irritado muito fácil; mas nada que chorar um pouco não resolva. em plenos quatorze quinze anos já atormentada e apavorada com esta coisa que chamam de "futuro" - o que pra mim não é nada mais do que a conseqüência do presente. a única coisa que eu realmente não posso deixar de fazer na vida é ter filhos, DEFINITIVAMENTE! me envolvo muito fácil e 90% das vezes quebro a cara, mas não deixo de tentar. sou tranqüila, até demais. mas folga um pouquinho pra ver se eu não parto pra "porrada". não tenho medo de chegar em casa machucada. e sim de chegar machucada e não ter batido na vadia que me irritou - essa não seria eu. as pessoas dizem que sou louca. e eu só acho que aquelas que dizem isso não sabem o que quer dizer "viver a vida". não tenho medo de rir, muito menos de chorar, só adoraria não ter que sofrer mais. talvez esteja querendo demais, é talvez esteja. mas há quem diga que eu vivo reclamando de barriga cheia. fazer o que se o "ser humano" nunca está satisfeito com o que tem? - seja pouco, seja muito. sofro de preguiça aguda e sono excessivo - há quem diga que é normal e há quem diga que não. não tenho um estilo de musica definido - aquela que o DJ tocar e geral dançar serve sabe? mas isso não quer dizer que eu não tenha gosto e opinião formada sobre o que é musica boa. apenas gosto de curtir o momento. mesmo que a musica não tenha letra e a melodia não seja tão agradável. deixo de fazer inúmeras coisas por vários motivos que não sei explicar. deixo as coisas irem até eu realmente ter que me mexer. acredito que não seja muito difícil me compreender e me fazer feliz. um pouquinho de vontade para isso bastaria. infelizmente eu julgo o livro pela capa - e quem não julga? mas se a pessoa me provar que é exatamente o oposto do que eu penso mudo de opinião - o que é muito raro acontecer porque geralmente (não sei explicar como) estou certa sobre as pessoas; e realmente gosto de ver os outros quebrando a cara por não terem me escutado. eu não sei quem sou exatamente. espero descobrir antes de partir. talvez as pessoas saibam melhor que eu. mas eu realmente não quero saber o que certas pessoas pensam de mim. eu sei o que eu quero, e isso me basta.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Não faz mais sentido [..]

escrever sobre o que se já não se tem amor? escrever pra quem; se quem realmente importa não irá ler? fazer o que se não tenho o poder de deixar tudo do jeitinho que eu quero? sem distancia; sem saudade; sem provocação; sem ciúmes; sem brigas; sem tristeza; sem dor [..]

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Incontrolável.


É sempre assim. sempre estou certa de que te amo; de que preciso de você para viver; de que sem você eu não sou absolutamente nada. mas mesmo sabendo que sem você eu não vivo. acho que não consigo te dar o valor que você merece. eu sempre arruino tudo com minhas atitudes infantis e impensadas. o fato é que no fundo eu tenho tanta certeza de que você nunca irá me deixar que acabo me esquecendo de que as coisas por mais improváveis que sejam podem realmente acontecer. acho que eu preciso sentir que te perdi pra realmente me dar conta do quanto eu te amo. não que eu esqueça disso. mas toda vez que sinto que não te tenho mais é como se toda a paixão que estava guardada vinhesse a tona e eu voltasse a me sentir como naquele dia em que realmente "te conheci". e ai sim me dou conta de que verdadeiramente você é o que eu tenho de mais importante. e que apesar de tudo, tudo mesmo, meu amor por você nunca se vai. o tempo vai passar. e eu vou continuar a te amar.

quinta-feira, 2 de julho de 2009

sem titulo; sem nexo; sem motivo; sem explicações.


Eu já havia imaginado. mas cheguei a conclusão de que nada vale mesmo a pena. porque perder seu tempo tentando ajudar uma pessoa que não quer e não aceita a sua ajuda? porque continuar a insistir em abrir os olhos de quem não tem maturidade para deixar de ser cego? e é por isso que muitas vezes nos arrependemos de certas coisas. e um dia irei me arrepender de escrever isto aqui. mas no momento me parece a forma mais sensata de demonstrar tudo o que sinto. e eu agradeço imensamente a Deus por não ter que sair à rua por um bom tempo. assim poderei me afundar de vez, sem que ninguém note. talvez eu morra, talvez não. nunca irei saber antes de acordar no dia seguinte. mas no momento tem sido meu desejo mais profundo. porque será que nossos maiores desejos são os mais difíceis de realizarmos? falta de capacidade ou falta de vontade de verdade? impossível dizer. não sei nem como estou viva. só sei que nesse mundo ninguém nunca está completamente certo. e está cada vez mais difícil conviver com o ser humano. parece-me que ao invés de ficar mais astuto ele tem ficado cada vez mas irracional e egoísta. mas o que tem em ser egoísta? nada demais não é mesmo? a não ser pelo fato de que é o egoísmo que está acabando com nosso mundo aos poucos[..]

sábado, 27 de junho de 2009

Mudanças


E me diga como. como não ficar revoltada com tudo que acontece em nosso mundo? como aceitar todas as catástrofes que vem acontecendo a muito tempo? como aceitar a capacidade do ser humano de só dar valor a coisas muito importantes quando já não se têm mais? como entender o porque de uma pessoa só conseguir apontar as coisas ruins e polemicas na outra? o porque é tão difícil reconhecer seus próprios erros e saber apreciar as virtudes do próximo? porque nós seres humanos somos tão egoístas e mesmo sabendo disso não conseguimos mudar? o porque tem que te acontecer uma coisa muito forte pra te fazer refletir em tudo o que você tem feito? hoje. agora. é tempo de mudar. antes que não haja mais tempo para se fazer nada.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Doente por você


"[..]É tão certo quanto o calor do fogo. Eu já não tenho escolha; e participo do seu jogo[..]" Fogo - Capital Inicial
Eu já podia prever tudo isso. já é tudo muito monótono; as coisas entre nós nunca mudam. e por mais que nos machuquemos e soframos com tudo isso, sempre continuamos nos amando. eu já não sou a mesma desde que te conheci; mas a verdade é que eu não sou eu mesma sem você. em você foi onde eu me encontrei. e não adianta tentarmos ficar longe um do outro. pois assim como posso prever sua raiva, seu ciúme, sua dor. também posso prever que não conseguiremos continuar um sem o outro. porque esse amor já não é mais normal.. se tornou doentio. a doença mais maravilhosa de todas elas. a doença que me faz continuar viva. e eu gosto disso. eu realmente gosto de ser doente por você. e só por você.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Luta do amor (?


não você não tem o direito de brincar com os meus sentimentos e me manipular como uma boneca. assim como você eu também sinto. e sinto até mais. eu sinto as mentiras, a falsidade, a frustração, a dor e tudo aquilo que você finge não existir. porque no fundo acho que sei mais de você do que você mesmo. e isso é bom. isso sim é bom. bom saber das suas fraquezas, e onde mais dói quando tocam em você. porque assim como vs faz comigo eu farei também. e ai vamos ver quem é tem mais capacidade. não que isso seja uma luta. mas já que foi nisso que transformamos nossa relação. então façamos da maneira certa. lutando limpo pelo direito de amar.

domingo, 21 de junho de 2009

O fim

"Es dolor el saber que lo nuestro se puede terminar Porque simple y sencillamente nunca he sabido actuar" Enséñame - RBD
é difícil entender que aquilo a quem você tem se dedicado tão profundamente está acabado. é difícil aceitar que todos os seus esforços foram em vão. é inaceitável que vs tenha perdido tanto tempo da sua vida com uma coisa que nem futuro mais terá. saber que a cada crise, cada problema você se esforçou ao máximo para tentar resolver e seguir a diante; do seu jeito mais tentou. e tudo isso pra que? pra simplesmente desistirem de todos os seus sonhos, como se eles fossem apenas desenhos que podem ser apagados com uma borracha. sonhos que nem são só seus. sonhos que você levou uma vida para construir. sonhos de um futuro feliz.. realmente é difícil. difícil acreditar que tudo foi perca de tempo. e ainda mais difícil saber que apesar de tudo você jamais esquecerá e deixará de amar essa praga/traste pessoa. mas ao menos um dia você sabe que vai parar de chorar; vai voltar a respirar. e talvez até chegue a levar sua vida normalmente. mas a ferida sempre continuará lá. esperando pra que alguém toque no assunto e a faça sangrar novamente. porque a verdade é que é difícil de aceitar o fim. mesmo que essa história toda só esteja fazendo mal a você. mesmo que tudo isso seja prejudicial. você simplesmente não consegue e nunca vai conseguir deixar de ter esperança..

sexta-feira, 12 de junho de 2009

é você e não é mais ninguém [..]

É tão bom quando estamos aqui, assim, e as coisas do lado de fora não podem nos atingir. Quando estamos bem com nós mesmos; sem brigas, sem ciúmes, sem desentendimentos e estamos eu e você; só nós e nosso amor no nosso lugarzinho.. nosso pedacinho do céu.. como me faria feliz sair por aí exibindo você ao meu lado e mostrando a todos o quanto você me faz bem. como adoraria ter você ao meu lado em todos os momentos e nunca mais me sentir só. mas não. me contento em ter você só aqui e assim; a sua maneira; estando comigo e me amando como pode.. nas suas limitações.. e assim mesmo sofrendo e chorando, eu sou feliz. porque sei que mesmo distante tenho você. te tenho em mim, de onde ninguém poderá te tirar e nada poderá te apagar. porque você é e sempre será meu amor.. meu bebê.. minha vida.. meu tudo [..] te amo meu amor!
Sem dedicatória. sem mais.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

seu amor..

O que você faria pelo sua amor? Por uma pessoa que você ama? Uma pessoa que você ama mais que a sua própria vida. Uma pessoa que você deseja ter ao seu lado mais do que deseja continuar vivendo. Uma pessoa com a qual você vive brigando, discutindo, ‘chingando’; mas que em menos de cinco minutos depois se arrepende e fica morrendo de remorso; e seu orgulho muitas vezes é aios do que a vontade de pedir desculpas e terminar com esse clima chato que fica entre vocês quando brigam. Uma pessoa que você não agüenta ficar mais de três dias sem falar, porque começa a sentir que um vazio imenso toma conta do seu coração. Uma pessoa que conseguiu, em meio a tanta gente, tomar conta da sua mente e ter controle sobre seus pensamentos e seu coração mesmo a quilômetros de distancia. Uma pessoa com a qual você sonha casar, ter filhos, e envelhecer ao lado. A pessoa que mesmo dando mancadas, falando coisas que não devia, provocando seu ciúme muitas vezes inconscientemente (ou nem tão inconsciente assim), você não consegue deixar de amar e ficar com raiva mais de meia hora. A pessoa que tenta te deixar feliz, te alegrar, ou ao menos fazer você sorrir para se sentir melhor quando acontece algo desagradável, ou que te deixe pra baixo. A pessoa que faz e faria tudo que está ao seu alcance por você.. A pessoa que é a dona do seu coração.. sua mente (..).

vida

é frustrante e muito triste viver rodeada de pessoas e se sentir tão só. é desesperador sempre esperar por um milagre sabendo que ele irá acontecer; uma pessoa que nunca irá chegar; ou ficar fantasiando momentos que no fundo você sabe que jamais irá viver. porque essa não é você. essa é quem você acha que é. quem você quer ser. então porque não jogar tudo para o alto. viver sem se preocupar se as pessoas vão gostar do que você vai dizer. ou de como você vai agir. não se preocupar em nada além de tentar aproveitar cada momento ao máximo, como se cada um deles fosse o primeiro e único que você vai poder presenciar. não se preocupe com nada além de suas amizades e amores verdadeiros. porque as vezes não paramos para analisar a importância que certa pessoa nos dá. e enquanto sufocamos demais alguém que não merece tudo isso. perdemos uma coisa que era verdadeira por simplesmente não temos percebido o quão importante aquilo era para ambos. não se preocupe com nada além de prolongar sua felicidade. porque momentos felizes nós vivemos mas muito são passageiros. e quando envelhecemos só vão restar as lembranças. não se preocupe com nada. apenas viva. e seja feliz ao máximo.

Torpor

agora, você poderá me ferir da forma mais brutal que possa imaginar. certamente não irei sentir absolutamente nada. nada mais me abala. só a dor, que me invade, e me incapacita de sentir qualquer outra coisa. eu queria gritar, chorar, correr, sumir, e até mesmo morrer; mas esse torpor, essa paralisia não me deixam fazer nada que eu não seja soluçar. agora sem lágrimas. talvez eu já tenha acabado com todas elas. eu só sou capaz de ter conciencia de uma coisa: depois de ter tido o seu amor, e te-lo desperdiçado, jogado fora de tal maneira.. jamais serei aquela pessoa de novo; aquela que sem saber, foi acabando com tudo. foi destruindo os nossos sonhos, e eliminando as possibilidades de sermos felizes um dia. essa pessoa está morrendo, com todo o resto.. sua infantilidade; seus momentos que seriam eternos em sua memória; sua capacidade vasta de simples e rapidamente amar; seu dom de observar, e por incrível que pareça achar coisas boas nas outras pessoas; a sua habilidade para ser uma pessoa adorável aos olhos de muitos; seu sorriso; seu amor; seus sentimentos; a sua vontade de tentar ser melhor a cada dia; o seu desejo, de estar contigo e mais ninguém. estar contigo, e só ser a pessoa mais feliz que ela conseguia imaginar. estar contigo e te dar tudo aquilo que vocês sonharam em um dia ter. estar contigo e continuar sonhando, lutando, construindo, mudando.. estar contigo e somente viver.. coisa que não será mais capaz.. coisa que ela jamais conseguirá novamente. porque agora não existem mais chances. ela gastou todas as fichas. e espera calmamente pela morte que certamente virá envolve-la e leva-la para onde você não poderá alcança-la. e ela só espera que você saiba, que você foi o amor da vida dela, apesar de todos os erros. que você foi a força que a motivava a continuar vivendo. e que ela jamais quis te fazer passar por tudo o que ela fez; que ela vai te amar eternamente.. até quando for capaz de sentir amor.