terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Eu não.


Antes de te conhecer eu não sofria por não saber que você existia. Eu nunca sai por ai atrás especificamente de você. E eu nem mesmo o faria. Não fui aquela festa por sua causa e sinceramente se soubesse que ia passar por tudo isso depois daquele maldito funk eu nunca o teria deixado chegar perto de mim. Ou talvez eu tivesse; porque apesar de tudo isso que está me causando você também me fez bem. Fez e me faz bem até hoje; não entendo e tenho raiva de ter me tornado tão dependente da sua opinião com pouco significado. Afinal o que você tem demais? Além desse seu cabelo? É esse é o meu maior problema. Você não tem nada demais e mesmo assim eu simplesmente não consigo deixar de gostar de você. Existem tantas pessoas mais maduras e com alguma coisa na cabeça e eu me pergunto: porque ainda quero estar com você? Porque ainda quero estar com um cara que não sabe o que quer; e que quer fazer coisas só porque os amiguinhos dele vão achar legal. Eu deveria saber que você assim como os outros iria mudar sua opinião tão formada sobre ser contra motos depois de ter conversado comigo. Agora eu posso perceber que eu realmente fui muito mais importante pra você do que você foi pra mim. Apesar de só eu sofrer agora, e de saber que vou continuar assim por um tempo por alguém que não merece; é de você que eu tenho pena. Porque eu sim sei o que eu quero e eu vou atrás disso. Mas e você? E quando todos seus amigos estiverem casados e com filhos? Como você vai estar? Vai querer se casar também só porque eles vão achar legal? Ou vai arrumar amigos mais novos para impressionar eles com sua vasta "experiencia"? Eu sinceramente não sei. E no fundo nem você sabe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela sua visita!
Eu adoraria receber um comentário seu!
Volte sempre ;)
Beijos, Bruna